domingo, 26 de fevereiro de 2012

Espetadas de frango com ananás e uma série

Gosto de séries. Gosto de séries de época. The Tudors e Mad Men estão entre as minhas preferidas. E a estas veio juntar-se Downton Abbey, agora descoberta. Esta série foi o meu principal entretenimento desta pausa de Carnaval. Apesar de aqui ter descrito o Carnaval terceirense como um período de muita folia, prefiro aproveitar a pausa letiva para descansar.
Downton Abbey conta a história de uma família inglesa nobre, de Yorkshire. Os amores e desamores das filhas, os problemas de sucessão, a importância de um bom casamento. A série tem início no ano de 1912 e, ao longo das duas primeiras temporadas, assistir-se-ão a grandes mudanças na sociedade, muitas delas inerentes à primeira guerra mundial. Mais importante do que este lado histórico é o retrato de uma família aristocrática de princípios do século XX. Uma família com códigos muito rígidos, nos quais os criados têm um papel de destaque. Não se pense, porém, que vamos encontrar a imagem clássica e estereotipada dos patrões que maltratam os empregados. Aqui, o que se verifica é uma relação familiar entre uns e outros. Empregados que veem os patrões como família. A quem se dedicam totalmente. As personagens são riquíssimas, nada estereotipadas. Não há bons nem maus (talvez o criado Thomas seja o que mais se aproxima do vilão). Há apenas pessoas que cometem erros. E que aprendem com eles. De todas as personagens, destaco a da condessa Violet Crawley, interpretada por Maggie Smith. Uma velhota rabugenta, na boca da qual puseram algumas das melhores falas da série.
Também a azáfama da preparação das refeições e da mesa está exemplarmente filmada. A cozinheira e a ajudante de cozinha são personagens apaixonantes. E têm uma relação absolutamente deliciosa. É curioso constatar que estas personagens não se misturam com os senhores. O espaço delas é só a cozinha. Nem devem ser vistas fora dela. E a forma como a série está filmada marca bem a oposição entre o espaço dos criados e o resto da casa. Ao contrário do ambiente luminoso dos salões e dos quartos dos patrões, a copa e os quartos da criadagem têm um tom baço e acinzentado.
Não me vou alongar mais, vou antes deixar-vos uma pequena amostra da série. Já passou na Fox Life e estreou ontem, na SIC.


 Deixo-vos agora uma receita. Não imagino o conde, de fraque, nem as senhoras, de vestidos de cerimónia, a comerem estas espetadas. No entanto, cá em casa, os códigos são bem menos rígidos :)




Ingredientes
(para duas espetadas)

2 peitos de frango
1/2 ananás
8 dentes de alho, esmagados
sumo de limão a gosto
sal a gosto
1/2 colher de café desta pimenta  (ou outra qualquer)
tomilho fresco a gosto
azeite para pincelar as espetadas

Demolhe os palitos das espetadas pelo menos durante meia hora.
Corte o frango e o ananás em cubos. 
Tempere o frango com o alho, o tomilho, o sal e a pimenta. Reserve.
Faça as espetadas, alternando o frango e o ananás, pincele-as com azeite e grelhe-as, virando-as, com cuidado, para não queimarem.


26 comentários:

  1. Se calhar até comiam estas espetadas...e adorariam o prazer que pode ser ter códigos menos rígidos! Ficaram tão apetitosas! Gosto muito de ananás com carne. Penso que é uma combinação bem feliz.
    um beijo
    Babette

    ResponderEliminar
  2. Bem, as espetadinhas parecem absolutamente deliciosas. Quanto à série, fiquei absolutamente viciada, algo que raramente acontece no que respeita à televisão. A actriz Maggie Smith, que sempre adorei, interpreta a minha personagem favorita, todo o elenco é soberbo, o guarda-roupa, a decoração, o próprio enredo, absolutamente fantástico. Espero ansiosa pela 3ª temporada. bjs

    Ana

    ResponderEliminar
  3. As espetadas parecem deliciosas e muito light ;)
    Quanto à série, da qual já me tinhas falado, pu-la a gravar ontem. Vamos ver se a conseguimos ver logo à noite. Gostei da caraterização que fizeste!
    Beijinhos e bom domingo.
    Maria

    ResponderEliminar
  4. Adoro espetadas :) e as tuas parecem bem saborosas, adorei!
    Quanto à série nunca vi :P não vejo muita televisão, o tempo é pouco infelizmente :(

    Beijinhos MissB
    http://arcoirisnacozinha.blogspot.com

    ResponderEliminar
  5. Sobre a serie tentei ver mas para ser sincera, esqueci-me...lolol

    Estas espetadas tem ca um aspecto... tenho que fazer pois o marido ta farto de pedir.

    Bjs

    http://aspapinhasdosbabinhos.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  6. Fiquei com vontade de comer as espetadas e ver a série. Sérá uma espécie de Upstairs Downstairs produzido no século XX!? Aqui também somos grands apreciadores de séries. Acabámos com a TV por cabo e vemos (no máximo) um episódio de uma série (neste momento, ROMA) por noite e filmes aos fins de semana. Esta já está na minha lista para comprar!
    Bjos

    ResponderEliminar
  7. Eu e a Babette parecemos ter (mais) este ponto em comum: carne e ananás. Gosto muito. Aqui em casa é que não me acompanham:) E sabes, acho que iriam adorar. Lembrei-me agora de uma daquelas coisas inglesas, que comi numa das quintas do Douro e que tem ressonâncias das tuas espetadas. Fiambre assado com ananás. Lembro-me de ter gostado muito. E de ter gostado da humildade subjacente. Os ingleses até são de rituais e de códigos. Mas também são deliciosos na desconstrução. E
    A série é assim como as desconstruções: deliciosa. Muito como a descreveste.

    Um beijo de boa semana para ti. Espero que estejas a conseguir chegar para as coisas.

    Mar

    ResponderEliminar
  8. Ananás com carne, com camarão, em saladas. Muitas vezes. Houve um tempo em que era diário.
    A serie. Fiquei completamente cativa desde o primeiro episódio.
    Boa semana!

    ResponderEliminar
  9. Desculpa pela minha ausência a publicar e comentar receitas mas tive uma recaída e voltei a ficar doente.
    Mas já estou de volta com muitas receitinhas para publicar e cheia de vontade ver e comentar as delícias que fazes.

    Beijinhos e boa semana

    P.S: Eu também adoro sérias...mas gosto de tantas que ficaria aqui a noite toda a escrever os seus nomes.

    ResponderEliminar
  10. Olá Ilídia:)
    Acompanhei essa série no Fox Life e adorei, aliás, devorei cada episódio...! Também gostei muito dos Tudors. Eu sou um perigo com séries, quando gosto não consigo descolar e não posso perder um:)
    Gostei das espetadas e da dica de demolhar os palitos meia hora, coisa que nunca fiz e talvez por isso os meus ficam sempre muito chamuscados...
    Beijinhos:)

    ResponderEliminar
  11. Babette, o que é curioso é que,ao longo da série, por força das circunstâncias, os códigos vão-se atenuando. E as pessoas, amolecendo :)

    Ana, também vejo pouca televisão. Só mesmo uma ou outra série.Mas esta vale muito a pena. É fabulosa. Também estou ansiosa pela terceira temporada. E não sei se sabe, mas a Shirley Maclaine é uma das atrizes da nova temporada. Vai ser a mãe da Cora. Promete :)

    Maria, acho que vais gostar. Acho que não é possível não se gostar desta série :)

    MissB e Os Babinhos, obrigada.Tentem arranjar um tempinho. Não se vão arrepender.

    Manuela, também gostamos muito de séries. Nunca vi Upstairs Downstairs, mas uma amiga falou-me dela, precisamente a propósito de Downton Abbey. Creio que a temática é a mesma.
    Também gostei imenso de Roma. Fiquei com tanta pena quando soube que foi cancelada por falta de dinheiro. É uma série excelente, mas parece que foi das mais caras de sempre.

    Mar, o meu marido também não é grande apreciador de ananás com carne. Mas nas espetadas é fácil: colocas ananás só na tua :) Às vezes, também grelho para acompanhar picanha. Eu como a minha com a carne, ele come a dele no fim, como sobremesa. Também já comi fiambre assado com ananás. É uma delícia. A versão que comi também tinha cravinho.
    Fico contente por também conheceres (e gostares) a série. Quando gosto muito de uma coisa, tenho a mania de falar muito dela, para que os meus amigos também a conheçam :)
    Sim, estou a conseguir chegar para as coisas. Mas, às vezes, não é fácil.

    Guida, ananás com tudo, então :) Também sou assim. E é saudável, o que é bom :) Que bom que também conhece (e gosta) da série :) Realmente, não a imagino a não gostar ;)

    Narwen, não te desculpes. Eu também não tenho andado muito assídua. Muito trabalho e também alguns problemas de saúde. Tenho visitado os blogues, mas não tenho deixado comentários. Espero que já estejas bem.

    Alice, também gosto de ver as séries de seguida, numa espécie de maratona. Luxos só para férias, claro :)
    Em relação aos palitos, também aprendi há pouco tempo (já nem me lembro onde nem com quem), mas realmente, resulta.

    Beijos para todas e boa semana.

    ResponderEliminar
  12. Pois o conde não sabe o que perde, uma deliciosas espetadinhas comidas à mão são do melhor :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida, Ondina :) Mas sabes, aquele conde até era capaz disso :)

      Eliminar
  13. Bonita foto :) Nunca vi essa serie mas fiquei com vontade. Adorei a receita tb, adoro espetadas com um toque diferente e esta é o máximo. um beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marmita, obrigada. Espero ter-lhe aberto o apetite. Para ambos os "pratos" :)

      Eliminar
  14. Ando mesmo muito afastada da televisão, mas confesso que já tenho saudades de uma boa série. Os dias têm estado tão lindos que ando mais a aproveitar o ar-livre. E tenho tanto ar por aqui, com trabalho braçal à mistura :)
    Quanto às espetadas, trazes uma sugestão muito do meu agrado. Fruta e carne são combinações contrastantes mas muito apelativas.
    Espero que estejas melhor.
    Beijinhos
    Patrícia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que vais adorar a série. É, realmente, fabulosa. Das melhores que tenho visto. E, como professora de inglês, ainda mais.
      Sim, estou melhor. Cheia de trabalho, mas melhor :)
      Beijinhos

      Eliminar
  15. Eu acho que vou adorar a série! Comecei a ver no sábado, e só sábado reparei que a série já dá na foxlife, tenho andado a dormir!!
    Quando à refeição, para o meu gosto, está perfeita!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ana, é viciante desde o primeiro episódio, não é? Também fiquei logo "agarrada".
      Beijinhos

      Eliminar
  16. Passei por cá para dar um "Olá" e dizer que já cheira ao verão...sol... churrascos... férias e boa vida que é o que se quer!!! PMT

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá para ti também :) Tinha saudades de te ver por aqui. Apesar de cheirar a verão, ainda falta tanto. Tenho saudades dele. Mais pelo descanso do que pelo calor, confesso :)
      Beijinhos

      Eliminar
  17. Que bonitas que ficaram :) E além de bonitas, saborosas. Fico com a receita para experimentar aqui por casa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada. Experimente e diga-me se gostou.
      Beijinhos

      Eliminar
  18. Bem sobre a serie já falamos, no nosso ultimo "tea" juntas, adorei, acho uma maravilha, verdade seja dita, gosto de gravar, os episodios, e depois ver ums quantos todos seguidos, no meu sossego. Estou a espera da 3ª serie, ansciosamente. Agora estas tuas espetadas "oh my word", estão cá com um aspecto, já marchava bem uma, ok duas :):)......kisses, Diana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também gosto de os ver de seguida. Ainda é mais viciante. Foi o que fiz com esta. Quem bem que soube :) Também estou ansiosa pela 3ª série. E muito curiosa em relação à Shirley Maclaine. Gosto muito dela. Imagino conversas interessantíssimas entre ela e a Maggie Smith :)
      Beijos

      Eliminar
  19. Olá Ilídia!!
    No Paraíso também assistimos muito pouca televisão, alguns telejornais mas cada vez menos!! Somos viciados em boas séries, quase todos os dias vemos uma serie diferente e essa foi uma das últimas boas aquisições, eu então adorei! Não é a toa que foi a série mais premiada em 2011, é muito muito boa!
    Beijos do Paraíso

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Acerca de mim

A minha foto
O Acre e Doce é um blogue que celebra a vida de casa, principalmente os momentos passados à volta da mesa. É um blogue de coisas que nos fazem felizes, sejam uma refeição, um filme, um livro ou um ramo de flores frescas.