quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Um bolo pouco consensual

Um bolo barrado com doce, antes da camada de chocolate. Não foi consensual. Uns gostaram muito, outros gostaram mais ou menos. O aniversariante prefere só de chocolate. Mãe, está delicioso!, disse-me o Manel, ao mesmo tempo que me abraçava, para me consolar. Só por este episódio valeu a pena arriscar :) Mas da próxima, já sei: nada de inovações no dia de anos do meu marido. 


Deixo-vos a receita. Acho que vale muito a pena. Eu gostei muito deste bolo diferente. 

Bolo de chocolate de Viena
(Adaptado de Viajar com a Bimby, Vorwerk)
 
Ingredientes:

Massa:
130 g de açúcar (ou açúcar confeiteiro, se não tiver Bimby)
5 ovos
1 pitada de sal
200 g de chocolate para culinária (mínimo 50% cacau), partido aos pedaços
150 g de manteiga
1 colher (de sopa) de açúcar baunilhado
150 g de farinha
2 colheres (de chá) de fermento em pó para bolos

Recheio:
300 g de doce de alperce (usei de araçá

Cobertura de chocolate:
130 g de chocolate para culinária (mínimo 50% de cacau), partido aos pedaços
100 g de natas

Preparação na Bimby:
Coloque no copo o açúcar e pulverize 20 segundos/ velocidade 10. Reserve.

Pré-aqueça o forno a 180 graus.

Massa:
Insira a borboleta. Coloque no copo as claras, o sal e bata 4 minutos/ velocidade 3, até montarem. Retire a borboleta. Transfira as claras para uma tigela e reserve.
Coloque no copo o chocolate e rale 10 segundos/ velocidade 7. Baixe o chocolate com a ajuda da espátula. Junte a manteiga e programe 5 minutos/ velocidade 1/ 50 graus.
Adicione o açúcar pulverizado, o açúcar baunilhado, as gemas e misture 10 segundos/ velocidade 3.
Junte a farinha, o fermento e misture 10 segundos/ velocidade 3. Junte esta mistura de chocolate às claras montadas e envolva com cuidado. Coloque a mistura numa forma de mola (26 cm), previamente untada e polvilhada (costumo forrar a base com papel vegetal, antes de a untar e enfarinhar), leve ao forno cerca de 30-35 minutos. Lave o copo. Retire o bolo do forno, desenforme e deixe arrefecer.

Recheio:
Coloque no copo o doce e aqueça 2 minutos/ 90 graus/ velocidade 1. 
Corte o bolo para fazer duas camadas (costumo usar fio dental, como se fosse um garrote). Espalhe cerca de 1/3 de doce por cima da primeira camada. Coloque por cima a segunda camada, e utilize o resto do doce para cobrir o bolo todo. Deixe o doce secar cerca de 10 minutos.

Cobertura de chocolate:
Coloque no copo o chocolate e rale 10 segundos/ velocidade 7. Limpe as paredes do copo com a ajuda da espátula.
Junte as natas e programe 4-6 minutos/ 50 graus/ velocidade 1.

Deite a cobertura de chocolate por cima do bolo e espalhe uniformemente. Conserve o bolo no frigorífico até a cobertura endurecer. Corte o bolo às fatias e sirva.

Preparação tradicional:

Pré-aqueça o forno a 180 graus.
Massa:
Parta o chocolate em pedaços e derreta-o, juntamente com a manteiga, em banho-maria. Adicione o açúcar confeiteiro, o açúcar baunilhado e as gemas e misture, com uma vara de arames. Junte a farinha e o fermento e misture novamente. 
Bata as claras em castelo bem firme e junte-as à mistura anterior, envolvendo com cuidado.
Coloque a mistura numa forma de mola (26 cm), previamente untada e polvilhada (costumo forrar a base com papel vegetal, antes de a untar e enfarinhar), leve ao forno cerca de 30-35 minutos. Retire o bolo do forno, desenforme e deixe arrefecer.
Recheio:
Numa caçarola pequena, aqueça o doce, até este ter uma aparência líquida.
Corte o bolo para fazer duas camadas (costumo usar fio dental, como se fosse um garrote). Espalhe cerca de 1/3 de doce por cima da primeira camada. Coloque por cima a segunda camada, e utilize o resto do doce para cobrir o bolo todo. Deixe o doce secar cerca de 10 minutos. 
Cobertura:
Parta o chocolate em pedaços e derreta-o, juntamente com as natas, em banho-maria.


Deite a cobertura de chocolate por cima do bolo e espalhe uniformemente. Conserve o bolo no frigorífico até a cobertura endurecer. Corte o bolo às fatias e sirva.

Infelizmente, não consegui uma foto do interior. Esta semana foi cheia. Sempre à espera de chegar a casa com uma luz bonita, fui adiando a foto. O bolo não esperou. Os homens da casa acabaram com ele antes da foto da fatia. Mesmo o aniversariante, que disse não ter gostado assim tanto :)

28 comentários:

  1. Boa noite Ilídia! Sempre acompanho seu blog através da ferramenta do Feedburner (por e-mail). Delicio-me com os textos de suas postagens, sempre muito bem escritos e - para mim - poéticos também. Hoje comento para compartilhar uma situação parecida: fiz um bolo de chocolate no aniversário do meu irmão. Foi elogiado por uns, inclusive ele; mas outros "não gostaram tanto assim". Minha ousadia foi ter reduzido o açúcar para que o bolo ficasse mais saudável. Um aprendizado para mim: bolo de aniversário tem de ser doce. As pessoas esperam isso desses tipos de bolo.
    O aspecto do seu bolo está bonito e singelo. Desde a primeira postagem apenas com a foto dele, estava curiosa em saber a receita. Obrigada por compartilhar.
    Um beijo
    Paula
    www.executivadepanela.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Paula
      Que bom vê-la por aqui :) E obrigada pelas palavras simpáticas.
      Concordo quando diz que bolo tem de ser doce. Reduzir muito o açúcar raramente resulta. Neste caso, o bolo era doce. Bastante, mesmo. O que causou estranheza a alguns foi o doce, no meio do chocolate. Alguns entranharam, outros não :)
      Um beijo,
      Ilídia

      Eliminar
  2. Que bolo lindo!

    ______________________
    Ana Teles | Telita
    blog: Telita na Cozinha

    ResponderEliminar
  3. LOL, o aniversariante é fino.. não gostou muito mas comeu tudo na mesma! Também tenho um desses cá em casa :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas gosta mais de um bolo mais clássico, Ondina. Nunca mais faço grandes inovações no aniversário dele :) Ele comeu, mas não adorou. E eu quero que ele adore os seus bolos de aniversário ;)

      Eliminar
  4. A Sachertorte é uma das coroas de glória da doçaria austríaca. Também já fiz e gosto muito do contraste do doce de alperce com o chocolate mas concordo que pode não ser muito consensual. O que sei é que já comia uma fatia deste teu :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta é um bocadinho adulterada, com a alteração do doce. Que me perdoem os puristas ;) No entanto, acho que o doce de araçá resulta. E acho que o desagrado de alguns não tem a ver com o tipo de doce, tem mesmo a ver com o facto de levar doce.

      Beijinhos

      Eliminar
    2. As receitas existem para lhes darmos a nossa volta, Ilídia ;) se não era tudo muito enfadonho. Hei-de fazer um assim mas com doce de framboesa.
      Beijinhos

      Eliminar
  5. Ora só pelo aspecto adorei! O aniversariante anda exigente.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O aniversariante é exigente, sim. E sincero :)

      Eliminar
  6. O aspecto dele é delicioso!!! A tentativa de agradar nem sempre corre bem mas vale pelo esforço!
    Bjoka
    Rita

    ResponderEliminar
  7. Tão bom ter um Manel para nivelar tudo, não é Ilídia?
    Eu tenho tendência para fazer "experiências" nessas ocasiões, com convidados e afins...
    Levo muito à letra o ditado: "quem recebe não escolhe" ;)
    Um abraço de bom fim de semana para vós e ainda um beijinho de parabéns para o teu capricorniano (dizem que somos pragmáticos. Deve ter sido por essa premissa que ele comeu tudo ;)
    Guida

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Soube tão bem aquele miminho dele :)
      Sim, os capricornianos que conheço são pragmáticos. Muito mais do que eu ;)

      Um beijo, querida

      Eliminar
  8. De aspecto ficou muito bonito, e se desapareceu todo foi porque afinal sempre gostou!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, como ele diz, "o que é doce nunca amargou" ;) Mas está longe de ser dos bolos preferidos.

      Eliminar
  9. Sem dúvida diferente mas bastante guloso.
    Bom fim de semana
    Bjs, Susana
    Nota: Ver os passatempos a decorrer no meu blog:
    http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2014/01/tronco-de-ano-novo-trunk-of-new-year.html
    https://www.facebook.com/Tertuliadasusy

    ResponderEliminar
  10. Bom, confesso que não vejo o porquê de não se gostar deste bolo já que me parece ter tudo para ser perfeito :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também acho :) Mas gostos não se discutem, não é o que se costuma dizer? ;)
      Beijinhos

      Eliminar
  11. Cá está o bolo e o episódio de que falámos:) Eu adoro a combinação de alperce com chocolate. Vi que usaste doce de araçá. Nunca provei, mas imagino que tenhas procurado uma aproximação, em termos de sabor. E estás a ver? O teu filho tem mesmo queda para super-herói e foi em tua defesa:)
    Bottom line: o bolo desapareceu ou não?:) Parece que sim.

    Um beijo grande de fim-de-semana.

    Mar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Mar
      Não escolhi o doce de araçá por ser parecido com o de alperce. Na verdade, escolhi-o por me parecer que o seu paladar um bocadinho acre iria combinar com o chocolate. E acho que combina :) Claro que é a minha opinião :)
      Sim, o meu filho defende muito a sua mãe :) Tão bom!

      Beijo grande para ti também, querida

      Eliminar
  12. Inspirado no sachertorte não é? :) Adoro!!
    Eu curiosamente quando há festas arrisco sempre e com bosn resultados, outras vezes nem por isso!
    Mas adoro fazer coisas novas. Ficou lindo, e se não sobrou para a foto final, é bom sinal :)
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, apenas inspirado :) Um bolo austíaco, com o doce do araçá dos Açores :)
      É o problema de quem gosta muito de cozinhar. Arriscamos e às vezes não escolhemos bem as ocasiões para o fazer ;)

      Um beijinho

      Eliminar
  13. Nada como o abracinho do spider para te animar
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem sabes como aquele abracinho me soube bem :)

      Beijo enorme!

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Acerca de mim

A minha foto
O Acre e Doce é um blogue que celebra a vida de casa, principalmente os momentos passados à volta da mesa. É um blogue de coisas que nos fazem felizes, sejam uma refeição, um filme, um livro ou um ramo de flores frescas.