segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Um bolo de outono: bolo de batata doce

No sábado, colhemos as primeiras batatas doces do ano. 
Quando o meu pai foi buscar a enxada para remover a terra, acho que ouvi tambores a rufar, por entre as folhas. Será que havia batatas? Ter-se-iam desenvolvido ou estariam atrofiadas, com falta de um nutriente qualquer? 
Da terra, começaram a saltar alguns exemplares, de um rosa vibrante. E eu voltei a ser criança. Acho que dei pulinhos de felicidade. A menina do papá, novamente. Enquanto o meu pai ficou na horta, a rir do meu entusiasmo, vim a casa, num ápice, buscar a máquina. Afinal, o acontecimento merecia um registo digno. E os primeiros exemplares do ano, uma receita à altura. Um bolo, receita da avó da Duxa. Uma receita especial, portanto. Só o provei, que sou de ideias fixas e não posso comer doces nos próximos tempos. Ficou muito bom. E o prazer que me deu fazer este bolo rivaliza com o que teria ao comê-lo. O Manel comeu duas fatias. E elogiou. E eu fiquei feliz. 

A receita pode ser consultada aqui ao lado, no Receitas ao Desafio.


34 comentários:

  1. ando tentado para fazer um bolo de batata doce faz já algum tempo. depois de ver o teu tenho mesmo que experimentar.
    beijinhos e boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ricardo, se experimentar, diga-me como correu. É delicioso. Rústico e outonal.

      Eliminar
  2. Também gosto muito de batatas doces,como também fico maravilhada com o que a natureza nos dá e podermos depois transformar neste delicioso bolo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também nunca deixo de me surpreender. Em menos de duas horas, as batatas passaram da terra para a mesa.

      Eliminar
  3. Uma bolo com sabor a Outono, uma receita tão especial. Adoro batata-doce em bolos, fica delicioso.
    Também me sinto assim às vezes ao ir apanhar algo novo ao quintal! Uma autêntica criança feliz.
    Que pena que só podes provar... eu não resistiria :)
    Está tão linda essa fatia, que miolo fofo e tentador.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É tão bom, não é? Das coisas que me deixam mais feliz nos últimos tempos. Uma alegria genuína e infantil.
      Este bolo é mesmo bom. Ou não viesse do blogue da Duxa.
      Beijinho

      Eliminar
  4. Ilídia entendo bem essa tua euforia, também sou um pouco(muito) assim. São momentos mágicos, aqueles instantes que lançamos o olhar expectante sobre terra, é mesmo giro!
    O bolo ficou tão bonito, com a beleza que me habituei a olhar para ele, e que me traz imensas recordações.Obrigada.
    Costumo cozer as batatas, apenas com uma colher de sopa de água no micro-ondas, dentro de um pirex tapado com pelicula aderente, faço furinhos nas batatas e na pelicula, desta forma optimiza-se o sabor e não se perdem os nutrientes na água(em 10 minutos). Gostei da tua dica, é uma boa alternativa.
    Beijinhos para ti e para o Manel:)


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Duxa, não me canso de te agradecer esta receita maravilhosa. Vai ser repetida muitas vezes, sem dúvida. Tenho puré para mais um bolo no congelador.
      A tua forma de cozer a batata também é muito prática. E mais rápida do que a minha.
      Beijinhos

      Eliminar
  5. Olá,
    A sua descrição e entusiasmo são contagiantes. Ver o fruto (e que fruto!) do nosso trabalho é um momento mágico.
    As batatas estão lindas, cresceram bem e com os nutrientes essenciais e esse bolo está muito apetitoso. Confesso que nunca fiz bolo de batata-doce (só azevias com recheio de batata doce) mas esse seu bolinho “casa” muito bem com uma chávena de chá fumegante e um bom livro.
    Parabéns pela colheita e pelo bolo maravilhoso.

    Continuação de uma semana inspiradora!

    (http://saborescomtempo.blogspot.pt)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Manuela. Um momento mágico mesmo. Principalmente a batata doce, que fica meses na terra. O tio bolo + chá + livro é realmente muito apetitosa :)
      Um beijinho

      Eliminar
  6. O bolo parece uma delícia!! Tá com um aspecto fantástico! É uma excelente receita para iniciar o Outono. Eu adoro batata doce, mas em bolo nunca provei. Penso que poderá ser o ponto de partida :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também nunca tinha provado batata doce em bolo. Mas, como queria fazer um bolo e tinha as batatas doces, lembrei-me do da Duxa.
      Beijinhos

      Eliminar
  7. Bolo de Batata Doce, que óptima sugestão, vou provar :o)

    ResponderEliminar
  8. Não conhecia este bolo. Ficou com um aspecto estupendo. A experimentar sem duvida. Boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Papoila. Uma boa semana para si também.

      Eliminar
  9. Que maravilah que deve ser ...adoro batata-doce!

    ResponderEliminar
  10. Amei ler sua história e a expectativa! =)
    E melhor ainda foi ver que resultou em uma deliciosa receita.
    Tenha uma bela semana...
    Um bejim!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Amehlia.
      Uma boa semana para si também.
      Beijinhos

      Eliminar
  11. Pois é, nunca se sabe o que está lá por baixo! Mas de atrofiadas não têm nada! Por acaso nunca plantei... Mas o bolo, bem, que textura maravilhosa! Eu cá já não teria a mesma reação do pequenote porque nem prova... só salgados.
    Mas tenho que experimentar esse bolinho!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também não as plantei. Foi o meu pai :) Até porque dão bastante trabalho.
      Pois o Manel é um guloso de primeira. Comeu duas fatias e queria mais. Não deixei, claro :)
      Beijinhos

      Eliminar
  12. Ilídia ando curiosa com a batata doce nos bolos, o teu ficou com um aspecto fofo e delicado.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  13. Adoro batata doce, mas nunca a usei para doces. Deve ser fantástico este bolo, está com um aspecto bem guloso :)

    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então experimente. Fica muito bom.
      Beijinhos

      Eliminar
  14. Aqui está ele! Muito bonito de fato, um bolo que lembra o passado. Estou a imaginar a tua figura na terra ao lado do teu pai... o teu pai deve achar graça, qual pai não acharia!? Já as minhas batatas doces estão mais atrasadas que as tuas. Ontem o Luis esteve a capá-las, acreditas nisso? lol:) Vamos ver se elas realmente ficam maiores que a maioria. É que o tempo para as minhas bandas não é muito favorável e a terra ainda estamos a conhece-la. O importante é que nos tem dado muitas alegrias :)

    Beijos com saudades

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lembra mesmo o passado, não é? Simples e rústico. Imagina. Eu, ainda de vestido de verão, aos saltos na terra :) Nunca mais cresço :)
      "Capá-las?" Expressão interessante. Não conhecia. Pelo menos não neste contexto :) Depois tens de me dizer como se faz isso.
      Beijos para ti também.

      Eliminar
  15. Oh que pequena maravilha, plantar batata doce, és uma sortuda :) Adorei a receita e agora fiquei com uma vontade de ir já ao super mercado comprar, beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sou, realmente, sortuda :) Mas esse é um desejo fácil de concretizar :)
      Beijinhos

      Eliminar
  16. Respostas
    1. Pena os Biscoitos ficaram tão longe. Dava-te uma fatia de bom grado :) E obrigada pelo elogio ao texto :)
      Beijinhos

      Eliminar
  17. Uma das coisas que vou percebendo é que há uma presença assídua das batatas doces na gastronomia das vossas ilhas. Naquele restaurante de que te falei, havia batata doce com e em tudo. Este bolo rivaliza com o da Babette:) Difícil escolher. O melhor mesmo será fazer os dois e pronto:)

    Um beijo.

    Mar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens razão, cá comemos batata doce com alguma frequência. Cozida, a acompanhar peixe, o que é algo incomum no continente. O Paulo não gosta, claro ;) Mas gostou do bolo.
      Quanto aos bolos, faz os dois. Eu também qualquer dia faço o da Babette. Parece muito bom. Claro que só posso comer uma fatia. Esqueci-me de te dizer ontem ao telefone, mas continuo a portar-me bem e já perdi os 4 kg que ganhei no verão. Mas quero mais :)
      Beijos

      Eliminar
  18. Bolo de batata doce nunca me ocorreu fazer, mas parece-me mesmo muito bem... :)

    Pelo menos, o aspecto do seu é tentador e ficou aqui a apetecer-me experimentar !

    Um destes dias talvez...

    Beijinho

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Acerca de mim

A minha foto
O Acre e Doce é um blogue que celebra a vida de casa, principalmente os momentos passados à volta da mesa. É um blogue de coisas que nos fazem felizes, sejam uma refeição, um filme, um livro ou um ramo de flores frescas.