sábado, 8 de outubro de 2011

Gambas picantes com alho e tomate cereja


Há jantares premeditados, delineados na véspera. Analisa-se a despensa. Vê-se o que há. Compra-se o que falta. Especiais, por serem pensados ao pormenor. Essa preparação prévia, acompanhada por uma dose de carinho e dedicação, dá-lhes um sabor especial. São, normalmente, os jantares de fim de semana.
Outros formam-se a caminho de casa. Os vinte e cinco minutos que separam a minha casa da escola permitem-me pensar. Ouvir música e pensar. Sobre as aulas do dia seguinte. Sobre o livro que quero ler. Sobre o filme de que tenho saudades. Os sapatos que quero comprar. O que vou fazer para o jantar.
Há outros que surgem de forma impulsiva. Entro na cozinha, quase na hora do jantar, sem saber o que vou fazer. Abro armários e frigorífico, começo a reunir os ingredientes mentalmente. Folheio livros e revistas, em busca de inspiração. Foi assim que surgiu esta massa. Rapidamente. Impulsivamente. 


Ingredientes (para 4 pessoas):
10 g de salsa fresca
30 g de azeite
2 dentes de alho
1 pimenta piripiri
250 g de gambas sem casca
250 g de tomate cereja cortado ao meio
500 g de linguine ou esparguete (usei esparguete)

Preparação:
Cozer a massa, em bastante água, temperada com sal e um fio de azeite.
Picar a salsa finamente (na Bimby, 2 segundos/ velocidade 7). Picar os alhos e a pimenta (3 segundos/ velocidade 5). Juntar o azeite e refogar (3 minutos/ varoma/ velocidade 1). Juntar as gambas e deixar cozinhar, em lume médio (3 minutos/ 100 graus/ velocidade colher inversa). Adicionar o tomate e programar 2 minutos, na mesma temperatura e velocidade. 
Envolver o molho com a massa e servir quente.

Fonte: Receita ligeiramente adaptada de Itália - Receitas Bimby, Vorwerk

11 comentários:

  1. Parece delicioso! Bjs :D
    Ci

    ResponderEliminar
  2. Também pratico todas essas modalidades de preparação de pratos! :) Gostei muito desta tua segestão.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Gostei muito da sugestão, por vezes é mesmo assim, surgem pratos maravilha ao sabor do momento.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  4. UM PRATO BEM AO MEU GOSTO...QUE DELICIA.
    BOM DOMINGO
    BJS

    ResponderEliminar
  5. Por vezes, é de improviso que saem os pratos mais deliciosos. Este tem massa, camarões, picante...Aprecio isto tudo. A foto abre imediatamente o apetite ao maior dos enfastiados.:))
    Bj
    Patrícia

    ResponderEliminar
  6. Ilídia, esse prato é o exemplo de uma refeição deliciosa feita de improviso, com poucos ingredientes que fazemos quase todos os dias da semana. Porque isso de trabalho e comida na mesa é dificil, mas não impossível quando feito com amor.
    Gostei muito da foto, expetacular.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Gosto sempre de registos assim. Não acho piada a discursos artificiais. Que tentam dizer que se sabe sempre o que fazer. Que está tudo sob controle. Eu prefiro versões destas. Por serem reais. E por nos reconhecermos nelas, também. Acontece com cada uma de nós, não é? E o melhor de tudo: saber que destes impulsos resultam coisas assim. Coisas assim que fazem bem. E que são tão de partilhar. Obrigada. Deve ter ficado óptima, a sua massa impulsiva. De certeza que sim.

    Um beijo de boa semana, querida Ilídia. Com jantares pensados ou irreflectidos. Mas assim. Reais.

    Mar

    ResponderEliminar
  8. Foi muito bem pensado este jantar Ilídia, tornou-se num simples jantar mas com requinte (gostei da foto) :)

    Beijinho

    ResponderEliminar
  9. E porque somos todas de carne e osso e longe da perfeição... Não há mulher no mundo que não aconteça isso. E o melhor de tudo é que usas o tempo de viagem para pensares e decidires, sem afectar no tempo que poderás estar junto da família ou atrasares na hora do jantar. Sem dúvida que as mulheres são poderosas!! Adorei! bjs

    ResponderEliminar
  10. Gosto da imagem que conseguiste transmitir
    Parabéns
    Bjs
    Mané
    O Boo da Tia Rosa

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Acerca de mim

A minha foto
O Acre e Doce é um blogue que celebra a vida de casa, principalmente os momentos passados à volta da mesa. É um blogue de coisas que nos fazem felizes, sejam uma refeição, um filme, um livro ou um ramo de flores frescas.