domingo, 8 de maio de 2011

O aconchego de um bolo


Gosto de entrar numa casa e ser recebida pelo cheiro de comida no forno, a dar-nos as boas-vindas, a dizer-nos “Faz favor de entrar”, a envolver-nos num abraço caloroso. Um assado, um bolo…
Não gosto das cozinhas-laboratório, a cheirar a detergente, que parece que não cumprem a sua função. Gosto de limpeza, claro, mas gosto que a cozinha e a casa reflitam as vivências de quem as habita. Casa é vida, movimento, desarrumação q.b.. Um livro no braço do sofá, uma revista que se esgueirou para o chão, um brinquedo em que tropeçamos, uma lareira acesa, um pratinho pousado com migalhas de bolo e um copo sujo de leite. Estava delicioso!
É esta a minha ideia de aconchego.

BOLO DE CENOURA, COURGETTE E REQUEIJÃO


Ingredientes:
1/ courgette
1 cenoura
3 ovos
150 g de açúcar
70 g de óleo de girassol (usei de soja)
70 g de requeijão
200 g de farinha para bolos da Nacional  (segundo a Luísa Alexandra, autora do bolo, com esta farinha não é preciso acrescentar fermento. Eu obedeci e verifiquei que ela tem razão)

Algumas sementes de papoila (não estava na receita original, mas gosto da cor e do crocante que estas sementinhas conferem aos bolos, por isso uso e abuso delas)

Preparação:
Triturei a courgette e a cenoura na Bimby, com uns toques de turbo (no total, obtive uma pasta com 130 g.). Esmaguei o requeijão com um garfo.
No copo da Bimby, coloquei os ovos e o açúcar, com a borboleta colocada nas lâminas. Programei 3 minutos, velocidade 4. Juntei o óleo, o requeijão e a pasta de cenoura e courgette. Envolvi tudo 10 segundos, na velocidade 4. Juntei a farinha e programei 15 segundos, velocidade 3.
Levei ao forno pré-aquecido a 180 graus. Verifiquei a cozedura com um palito.
Obrigada, Luísa! Estava muito bom!



12 comentários:

  1. Uma bela ideia de aconchego!!!

    Bjokas
    Rita

    ResponderEliminar
  2. Fico muito contente que tenhas gostado, cá em casa também faz sucesso.
    Realmente com a farinha para bolos da Nacional não coloco fermento e os bolos crescem muito bem, tem sido a que mais uso cá em casa.

    Beijinho.

    ResponderEliminar
  3. que bom aspecto o teu boleco adorei...bjokinhass

    ResponderEliminar
  4. ILIDIA O TEU BOLO FICOU LINDO.
    OS INGREDIENTES SÃO BEM DO MEU AGRADO.
    COM UM CHÁ E TEMOS UM BOM LANCHE.
    BJS

    ResponderEliminar
  5. Ainda ontem, a percorrer o blog da Luísa, vi esta receita que me fascinou pelo recurso à courgette em bolos.Cozinhar é uma verdadeira alquimia. O bolo ficou muito bonito.
    Patrícia

    ResponderEliminar
  6. A minha ideia de aconchego é muito semelhante. Apesar de ser um pouco paranóica com limpezas vou pondo um travão a mim mesma, senão dava com as pessoas à minha volta em doidas. Assim, consigo comer uma fatia de bolo aconchegada no sofá e deixar o prato na mesa enquanto acabo de ver o filme, abraçada ao meu gato, deitada no colo do meu V. E assim sou feliz :) Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Hummm que bem aconchegadinha ficava eu também com uma fatia desse bolinho delicioso, ficou mesmo lindo e já imagino o bom que devia estar..

    Beijinhos e tem uma optima semana!!

    ResponderEliminar
  8. Ilídia, sem duvida o teu conceito de aconchego é uma maravilha, já somos duas. Acredito plenamente, que "a cozinha é o coração da casa" :) jinho

    ResponderEliminar
  9. Partilho da tua ideia de aconchego e gosot da cor e do formato desse bolo. PMT

    ResponderEliminar
  10. O bolo estava uma delícia, posso atestar, pois tive o privilégio de contribuir para a desarrumação da cozinha! Obrigada por me dares sempre uma fatia de bolo e me ouvires, amiga!
    Rosa

    ResponderEliminar
  11. A tua definição de conforto é a mesma que a minha e sabe tão bem acompanhada com uma fatia desse bolo.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Este bolo parece-me tão bom que vou fazer em breve.
    Um beijinho

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Acerca de mim

A minha foto
O Acre e Doce é um blogue que celebra a vida de casa, principalmente os momentos passados à volta da mesa. É um blogue de coisas que nos fazem felizes, sejam uma refeição, um filme, um livro ou um ramo de flores frescas.