quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Simplicidade e o elogio da rotina

Não costumo fazer resoluções de ano novo. Na verdade, não acredito muito nelas. Vou-as fazendo durante o ano. Algumas, cumpro. Outras, não consigo. Mas continuo a tentar. Afinal, a vida só faz sentido se ao longo do caminho nos formos aperfeiçoando. Um trabalho árduo e contínuo, com algumas quedas pelo caminho. Mas temos de nos erguer, sacudir a poeira, tratar das feridas (das nossas e das dos outros) e continuar. Acredito que podemos ser melhores. Acredito, não na perfeição, mas no aperfeiçoamento. 
Não sei o que 2014 me reserva. Algumas coisas boas, espero. Outras, nem tanto, como é normal. Não espero muito, na verdade. O que é meio caminho andado para andar satisfeita. Espero continuar a levar a mesma vida que levei em 2013. Espero continuar acompanhada pelas pessoas que escolhi ter por perto. Espero passar bons momentos com aqueles a quem quero bem e que sei que me querem bem. Espero ter coragem para tomar decisões que me farão mais feliz. Espero continuar a acordar todos os dias satisfeita porque gosto de ir trabalhar. E, ao fim do dia, sair do trabalho satisfeita porque os tenho em casa à minha espera. No fundo, espero continuar a apreciar as nossas rotinas e não andar amarga com a vida do dia-a-dia. E vou tentar lembrar-me disto naqueles dias mais difíceis e sombrios: a vida é para ser bem vivida todos os dias. Se passarmos a vida à espera, é ela que passa por nós sem darmos por isso. 

E espero continuar a encarar o momento de preparar as refeições, mais ou menos elaboradas, como um momento de prazer. Não há muito tempo? Põe-se a mesa, prepara-se uma refeição simples e sentamo-nos os três, a falar do nosso dia.

Salsichas frescas com puré de maçã 



Grelha-se salsichas frescas de boa qualidade (usei da marca A Pastagem, da Quinta dos Açores). Coze-se maçãs a vapor e reduzem-se a puré. Serve-se com um copo de tinto. Simples, não?


13 comentários:

  1. Simples mas delicioso. E se passarmos a vida à espera é mesmo ela que passa por nós sem darmos por isso. Feliz 2014, cheio de vida!

    ResponderEliminar
  2. Simples mas de sabor requintado, adorei a ideia do puré de maçã.
    Feliz 2014.

    http://cozinharomatica.blogspot.pt/
    https://www.facebook.com/blogcozinhaaromatica

    ResponderEliminar
  3. Uma verdadeira delícia!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. O momento de preparar e servir as nossas refeições tem de ser tudo isso: simplicidade, prazer e felicidade.

    Beijinhos e BOM ANO Ilídia!

    ResponderEliminar
  5. Um grande beijinho de um óptimo 2014, Ilídia! Que continuemos firmes.

    ResponderEliminar
  6. Um excelente ano de 2014, cheio de coisas que vos façam felizes!
    São os meus votos sinceros,
    Babette

    ResponderEliminar
  7. Minha querida,
    Podia assinar por baixo do teu texto. Exatamente esse sentimento. E, apesar de algum sentimento de depressão que se instalou no pais, eu sou muito grata pelo ano que passou. Nao defini metas. Tenho o que preciso para ser muito feliz. So falta mesmo que alguns desejos dos que estão no coração se concretizem.
    O teu puré muito a minha cara. A salsinha, como sabes, não entra no cardápio ;)
    Um abraço muito grande deste lado do oceano!
    Guida

    ResponderEliminar
  8. Ilídia, podia ter escrito o teu texto :)
    De facto é raro fazer resoluções de ano novo, acredito sim que podemos melhorar, aperfeiçoar certas coisas, tentar viver melhor e sempre ser gratos pelo que ela nos reserva de bom.
    E pratos simples acompanham bem dias de rotina, cheios de esperança.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  9. Muito obrigada a todos!

    Vamos tentar ser felizes, agarrar-nos às pequenas coisas, que não são assim tão pequenas, e tentar ultrapassar os obstáculos que nos aparecerem.

    Feliz 2014!

    Ilídia

    ResponderEliminar
  10. Já fui mais do espírito das resoluções e decisões. Fazia uma lista, na primeira página da agenda que comprasse. Agora não. Fui reparando que as minhas projecções acabavam por ficar pelo caminho. E, uma coisa muito importante: o ano acabava por ser composto de coisas especiais que não tinha como antecipar. Deixo em aberto, a tal página. Faço questão que seja uma página em branco, pelo que isso encerra de disponibilidade afectiva para o que está para vir. Pelo meio, a vontade muito frágil de felicidade. De estar bem. De ter saúde para poder fazer refeições como esta que partilhaste. Que as pessoas que conheço estejam bem, em paz. É tanto, não? Tanto, que é.

    Um bom início de ano novo, querida Ilídia!

    Mar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca fui muito de resoluções. Pelo menos não destas. É como digo no post, vou fazendo resoluções ao longo do ano todo. Neste momento, tenho algumas que espero mesmo cumprir. E sim, sempre a vontade de felicidade. Para nós e para os outros. Sim, é muito. Mesmo muito.

      Um beijo,
      Ilídia

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Acerca de mim

A minha foto
O Acre e Doce é um blogue que celebra a vida de casa, principalmente os momentos passados à volta da mesa. É um blogue de coisas que nos fazem felizes, sejam uma refeição, um filme, um livro ou um ramo de flores frescas.