segunda-feira, 4 de março de 2013

Legumes da minha horta para o mestre

Creio que se não tivesse começado a frequentar a Biofontinhas, há quase dez anos, hoje não teria uma horta com tantas preciosidades. Devo ao Avelino este meu gosto pelo verde. Foram muitos anos de descobertas, de conversas por entre as estufas. Muitos anos de aprendizagens. Famílias de plantas, propriedades, o que é que vai bem com determinada ervinha. Estragão com frango, endro com salmão, planta do gelo com requeijão. Estas minhas idas à quinta contribuíram para que o meu gosto pela cozinha se acentuasse.
No passado fim de semana, cozinhei para o meu mestre e para a Maria João. Senti alguma responsabilidade, confesso. Queria que saíssem satisfeitos. Escolhi a ementa com cuidado. Um dos pratos foi a primeira receita que publiquei aqui, há quase dois anos. E usei muitos produtos frescos da nossa horta. Apanhei-os e cozinhei-os de imediato. Muitas ervas para as entradas, cenouras rainbow, ervilhas tortas, aipo, cebola de rama. Tudo fresquíssimo, diretamente da horta para o prato. Com a salsa, fiz manteiga aromatizada; com os coentros e o cebolinho, em vez do manjericão da receita original, fiz esta entrada. Servi ainda um chutney de abóbora, que acompanhou um queijo de ovelha e um pão de batata doce com bagas inca (que o Avelino me explicou serem physalis desidratadas - sempre a aprender :). A sobremesa esteve a cargo da Rosa, uma amiga comum, que também jantou connosco. Tivemos, ainda, direito a uma salada especial, trazida pelo nosso convidado, com os seus micro vegetais, de que já falei aqui. E trouxe-me ainda um saquinho com uma novidade, batatas Yacon, uma planta originária dos Andes, que aparecerá por aqui um dia destes. E um convite para ir lá no próximo sábado, à descoberta de mais novidades :) 
Partilho convosco um risotto, feito totalmente com legumes da nossa horta. Feito a quatro mãos, já que, durante alguns minutos, o Avelino me substituiu com a colher de pau :) Foi tão divertido fazê-lo, de copo de vinho ao lado, enquanto íamos tagarelando e comendo as entradas. 

Risotto de legumes

200 g de cogumelos
1 chávena de ervilhas tortas
3 cenouras rainbow, cortadas em rodelas largas, na diagonal
1 talo de aipo (usei dois pequeninos, da horta :)
4 cebolas de rama (com a rama verde)
2 dentes de alho
2 dl de vinho branco
1 litro de caldo de galinha
350 g de arroz para risotto (usei arbóreo)
1 colher de sopa de manteiga aromatizada com ervas (receita aqui)
30 g de azeite
50 g de parmesão ralado
sal e pimenta q.b.

Antes de começar, servir um copo de vinho. A operação é demorada, por isso, convém estarmos preparados. Pousá-lo ao lado do fogão, de modo a que esteja sempre ao nosso alcance. Agora sim, podemos começar: refogar a cebola de rama, o alho e o aipo, picados, no azeite. Juntar o arroz e mexer. Juntar o vinho branco e continuar a mexer. Quando o álcool tiver evaporado, juntar os cogumelos, as cenouras e as ervilhas tortas. Temperar com sal e pimenta e continuar a mexer, delicadamente. Aos poucos, acrescentar caldo de galinha, mexendo sempre. Esperar que o arroz absorva todo o caldo, antes de acrescentar mais. Continuar esta operação, até que o arroz esteja cozido al dente. Retificar os temperos e, já com o fogão apagado, acrescentar a manteiga e o queijo, envolvendo bem. Servir de imediato.



9 comentários:

  1. Olá...
    Que aspecto divinal :).... Bjokas...

    http://nacozinhadaleonor.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Que reconfortante essas tuas caminhadas pelas estufas...

    ResponderEliminar
  3. Pelo aspecto diria que ninguém saiu insatisfeito desse jantar delicioso!
    Beijinhos
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Hmm que lindo, adorei a cremosidade umm comia um agora e ainda nem 11 e meia são :) heheheh

    ResponderEliminar
  5. Uma delícia de risotto e com legumes fresco da hortinha sabem ainda melhor.

    Bjnhos e uma semana inspiradora.

    http://saborescomtempo.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Ainda não me atrevi a fazer risotto em casa mas esta receita parece-me óptima. Acho que o homem ñ vai é gostar dos legumes, tenho de substituir :P

    http://qaoquadrado.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. Que encontro tão bom!
    Cheio de boas coisas, boas pessoas, boa comida. Um lindo risotto.
    Nota-se como ficas feliz a falar da tua horta, da Biofontinhas, dos ensinamentos do Avelino, das descobertas vegetais, do que plantas e colhes e saboreias à mesa. Dias felizes :)
    Já fico curiosa com essas coisas todas que falaste e desconheço!!
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  8. Risotto. Fizeste risotto:) Lembro-me de numa das nossas primeiras interacções ter surgido este dado. E ficou lindo. Mais ainda por estar associado a um convidado que te é tanto. Que vos é tanto.

    Um beijo.

    Mar

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Acerca de mim

A minha foto
O Acre e Doce é um blogue que celebra a vida de casa, principalmente os momentos passados à volta da mesa. É um blogue de coisas que nos fazem felizes, sejam uma refeição, um filme, um livro ou um ramo de flores frescas.