quinta-feira, 19 de abril de 2012

Pizza para satisfazer um desejo

Enquanto conduzia, a caminho de casa, um desejo inexplicável de pizza. Não daquelas gordas e pesadas que vêm dentro de caixas. Apetecia-me daquelas fininhas, ao melhor estilo italiano, leves e estaladiças. E saudáveis. Tinha de ser saudável, a minha pizza, que ando a tentar portar-me bem. (Se continuar a comer como nos últimos tempos, este verão tenho de comprar um fato de banho-burka :(
Começou a formar-se, na minha mente: base integral, mozzarella, tomate cereja, azeitonas e pancetta. Faltavam-me alguns ingredientes. Paragem rápida no supermercado, antes de ir buscar o Manel. Era capaz de ficar bem com orégãos frescos. Fui ao jardim, apanhá-los. Na cozinha, comecei por fazer a massa. Enquanto o fermento cumpria a sua função, fui cortando os ingredientes da cobertura. Primeiro,os tomates cereja, a meio. Depois, a mozzarella, em fatias. Rasguei a pancetta em farrapos. Abri o frasco das azeitonas (do Porto Martins, das melhores que já comi), descarocei-as. Entretanto, a Bimby fazia o molho de tomate. Pronta a massa, foi só barrá-la com um pouco de molho, dispor fatias de mozzarella, tomates e azeitonas e levar ao forno. Depois de douradinha, tratei de vesti-la com pancetta, acessorizá-la com folhinhas de orégãos frescos. No fim, um pouco de perfume: um fio de creme balsâmico de trufas. E brilhou, acompanhada de um copo de vinho tinto, a minha bebida de eleição com pizza. E com quase tudo.



Massa:
(do livro Bimby Itália, da Vorwerk)
120 g de água
1 colher de chá de sal
10 g de fermento de padeiro
70 g de farinha de trigo integral
160 g de farinha tipo 65

Bimby: Colocar no copo a água, o sal e o fermento e programar 1,30 minutos, 37 graus, velocidade 1. Juntar as farinhas e amassar 2 minutos, velocidade espiga. 
Tradicional: Na água morna, diluir o fermento e o sal. Juntar as farinhas e amassar, até obter uma massa elástica.

Retirar, formar uma bola e deixar levedar em local morno.

Molho de tomate:
(o de sempre, cuja fonte se perdeu no tempo)
1 lata de tomate
2 dentes de alho
30 g de azeite
sal, pimenta, açúcar e orégãos q.b.

Bimby: Picar os alhos 5 segundos, velocidade 5. Adicionar o azeite e refogar 5 minutos, 100 graus, velocidade 1. Adicionar o tomate e temperar a gosto com os restantes ingredientes. Misturar 10 segundos, velocidade 3. Cozinhar 5 minutos, varoma, velocidade 1. Bater 25 segundos, velocidade 6.

Tradicional: Levar ao lume, a refogar, os alhos, picados, com o azeite. Adicionar o tomate, temperar a gosto com os restantes ingredientes e deixar cozinhar, em lume brando, cerca de 10 a 15 minutos. No fim, passar a varinha mágica, até obter um molho aveludado.

24 comentários:

  1. É meia-noite e eu fiquei a salivar!
    Existe algures um restaurante chamado Dona Pizza, não é? Localização errada: não é em AH, é no CP!!!
    Estou com inveja, pronto.
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Da próxima vez que vieres jantar cá a casa, faço esta versão. E o gelado de manjericão :)
      Beijos

      Eliminar
  2. Amiga, contrariamente a ti, ando a portar-me pessimamente:((( ando a devorar td o q tenho em casa (pelo andar da carruagem, qd a obra ficar pronta tenho q mandar partir novamente as portas:(((-obras!=stress:(((((( e agora vejo esta pizza...senhor! Vou mas é ver se durmo!!! Ta c um aspeto fantástico!!!!!!!!!
    Márcia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, querida. Também só muito recentemente me comecei a portar melhor. Mas este fim de semana já caí em tentação. E hoje ainda é sábado. E vou jantar fora. Espero que já não te sintas tão mal :)
      Beijos

      Eliminar
  3. Que bela que ficou.Encheu o olho, a barriga e a alma.Pode se dizer com certeza que o desejo foi mais que satisfeito.

    Bjoka
    Rita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, sem dúvida que foi satisfeito. Muito saborosa.
      Beijinhos

      Eliminar
  4. Bom dia Ilídia :)
    Com esta descrição quase que conseguia sentir-me a comer um pedaço dessa pizza. Fina, estaladiça...
    Mesmo sem bimby vou levar a receita para fazer.
    Excelente foto. Bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Experimenta, é leve e saudável, como gostas :)
      Beijos

      Eliminar
  5. Esta tua pizza ficou fantástica!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Acontece muitas vezes. Pensar no jantar a caminho de casa. Desejos súbitos que depois se materializam em coisas assim. Uma pizza delicada, de massa fininha. Do género de não ser "para encher". Só de apetecer uma e outra fatia. E claro, com vinho tinto. Que sim, fica bem com tudo. Lembro-me sempre de ti e deste nosso gosto comum. Ao final da tarde, enquanto preparo o meu jantar e a minha mesa. Sempre com um copo de vinho tinto por perto:) Sabe bem. E faz bem.

    Um beijo de bom fim-de-semana!

    Mar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, o vinho tinto. E o copo enquanto cozinho e ponto a mesa :) Tal como tu :)Sabe muito bem, mas ando a tentar reduzir o consumo de calorias. Tem de ser, infelizmente. Por isso, ando a evitar o copo antes do jantar. Só um pouco à refeição. Mas custa tanto :(
      Beijos e bom fim de semana.

      Eliminar
  7. Que maravilha de pizza, ficou mesmo apetitosa!

    ResponderEliminar
  8. Ilídia,
    agora fico eu com desejos de pizza. Assim, como tu, fininha e perfeita, saudável e deliciosa. Senão, lá está, fato de banho burka! :)
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São as minhas preferidas. Não gosto da massa muito alta. E ainda bem, porque engordam menos. E a moda do fato de banho-burka ainda não pegou. Nesta altura, andaríamos todas mais descansadas :)
      Beijinhos

      Eliminar
  9. Como compreendo esses desejos! Também a mim me sabem bem estas pizzas. Massa estaladiça feita em casa. Mozarella fresca obviamente. E claro, vinho tinto. Que mais poderia ser?!
    Bom fim de semana e um abraço.
    Guida

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mais gostos em comum :) Tal como a granola do teu blogue:)
      Beijo

      Eliminar
  10. Como eu adoro pizzas fininhas, na minha opinião isso sim são PIZZAS de verdade.. até aquelas que ficam tão finas e acabam por estalar.. ADORO! e agora deste-me desejo tb :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um desejo fácil de satisfazer, felizmente :) Era bom que fossem todos como este :)
      Beijinho

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Acerca de mim

A minha foto
O Acre e Doce é um blogue que celebra a vida de casa, principalmente os momentos passados à volta da mesa. É um blogue de coisas que nos fazem felizes, sejam uma refeição, um filme, um livro ou um ramo de flores frescas.