domingo, 1 de abril de 2012

Ontem, caí em tentação

Ontem, passei a tarde envolvida em calda de açúcar. E ovos. E amêndoa. E gila. E aromas tentadores. 
Depois de uma reunião demorada, corri até ao Museu de Angra do Heroísmo para assistir a uma demonstração de doçaria conventual. Acompanhada por mais alguns entusiastas, assisti à confeção de Papos de Anjo, Fatias de Tomar, Toucinho do Céu, Pão de Rala e outros pecados criados em espaços dedicados à santidade :) Um desfile de iguarias que, no fim, tivemos o prazer de provar. Gostei especialmente dos Arrepiados do Convento de Leiria . De arrepiar, realmente. O local, um antigo convento franciscano, não podia ser mais adequado ao evento. Por momentos, acreditei estar num convento ainda habitado. O chef Raúl, a Alexandra e a Liliana transformaram-se em monges e aquela sala encheu-se de hábitos que corriam de um lado para o outro, na azáfama da preparação de algum festim. E creio que, por uma ou outra vez, por detrás da fonte, vi passar uma monja em oração. Obrigada, chef Raúl Sousa e Ana Lúcia Almeida, por esta tarde doce.


Cheguei a casa motivadíssima :) Não reproduzi nenhuma das receitas de ontem, pois não tinha os ingredientes todos para nenhuma delas. Assim, fiz pão de ló de Ovar, que só leva açúcar, ovos ( só 13:) e um pouco de farinha. Levei-o para o almoço de hoje, em casa dos meus pais. Não digo que tenha ficado como o autêntico (gosto do S. João), mas ninguém se queixou :) Não é coisa para comer com frequência, mas assim, a dividir por muitos, só faz bem :)



Podem consultar a receita no Receitas ao Desafio.

31 comentários:

  1. Ilídia, pois, parece que caímos em tentação :)
    Parece ter sido uma tarde perfeita e bem doce. O que eu adoro os doces conventuais, mas sem abusar, provar só um bocadinho de cada :)
    Lindo o teu pão-de-ló.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ginja, realmente, os doces conventuais têm de ser degustados em doses mínimas. Mas são tão bons. E é bom cair em tentação de vez em quando ;)
      Um beijinho

      Eliminar
  2. Estava a ler a tua experiência nesse convento e quase me vi lá dentro! Confesso aqui que não me importava nada de passar uns dias em retiro numa cozinha repleta de mãos sábias a confecionarem doces conventuais!
    O Pão de Ló está de arrepiar! Bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lenita, um pedacinho de céu. Mas com muitos pecados à mistura:) Os cheiros que emanavam dos tachos eram insuportavelmente tentadores. Divinos :)
      Um beijo

      Eliminar
  3. Bem Ilidia, obrigada digo eu por me levares à tua tarde e ainda por cima me dares este pão de ló muito muito muito tentador
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mané, terias adorado. Pensei em ti, sabes? Imagino-te a apreciar uma tarde como a minha de sábado :)
      Um beijo

      Eliminar
  4. Essa demonstração também me interessava, Ilídia. Adoro doces conventuais. O pão-de-ló está uma tentação.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Leonor, e a dieta ;)O problemas destas demonstrações é que ficamos (ainda mais) com a noção das calorias de cada um daqueles doces. Chega a ser assustador:)

      Eliminar
  5. De facto pertenci ao grupo dos entusiastas. E que bem que nos soube apreciar aquelas iguarias no fim. Ainda não coloquei em prática nenhuma receita porque não tenho mais do que uma dúzia de ovos em casa. Mas gostei do 13, número de ovos utilizado no pão-de-ló que fizeste. Um número que em vez de azar te trouxe sorte. Que apetecível ficou! E procedeste bem. Dividiste a calorias por todos.
    Um beijinho
    Patrícia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sorte ao bolo, azar à linha, Patrícia :) Coisa para não se fazer muitas vezes. É que se me habituo... Mas sim, a dividir por todos não faz mal :)
      Um beijinho

      Eliminar
  6. Olá Ilídia, até suspirei...ouviste? Gosto de programas assim, de tardes com dinâmica muito própria, conseguiste que viajasse até ao museu.
    O teu bolo está perfeito, ideal para dividir por muitos, também me defendo dessa forma:)))
    Beijinhos, boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, Duxa, acho que ouvi o teu suspiro :)Realmente, estas tardes doces são mesmo de gostar :) E, depois de uma reunião como a que tive, ainda soube melhor.
      Um beijinho

      Eliminar
  7. Uma experiência fantástica Ilídia. Os nossos doces conventuais são realmente maravilhosos. E o teu pão de ló está com um aspecto... :) Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Temos, realmente, uma doçaria riquíssima. E a conventual é das minhas preferidas. E, afinal,todos os doces são fáceis de confecionar. Os ovos e o açúcar fazem o trabalho todo :)
      Um beijinho

      Eliminar
  8. Dessacralizar o convento com o pecado da gula parece-me um programa do melhor! Museus com vida e com manifestações culturais das nossas heranças gastronómicas. Tudo perfeito, inclusive o pão de ló e a sua inteligente partilha.
    Uma boa semana com um abraço daqui!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O museu de Angra tem, realmente, muita vida. De vez em quando há atividades ligadas às mais diversas áreas. Ontem, ouve um atliê de doçaria conventual para crianças. Não levei o Manel porque era para crianças a partir dos 5 anos, mas dizem que foi um sucesso.
      Um abraço para aí :)

      Eliminar
  9. Depois de ter visto estas belas tentações no blog da Patrícia venho aqui ao teu cantinho e torna-se tudo a dobrar e que bela tentação está esse pão de ló, difícil de resistir.. beijinhos e boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deliciart, obrigada pela sua visita. E obrigada pelo seu simpático comentário. Boa semana para si também.
      Um beijinho

      Eliminar
  10. hmmmmmm, que fim de semana delicioso. Assim é que sabe bem :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ondina, foi realmente um fim de semana bem doce :)

      Eliminar
  11. E sabe tão bem cair em tentação de vez em quando!! Até nos eleva a alma!:)
    Mas que tarde tão bem passada e tão inspiradora!
    Ficou bem bonito o teu pão de ló, essa fatia está uma tentação!
    Beijinhos e boa semana:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alice, concordo. A vida sem um pecado de vez em quando não tem gracinha nenhuma :) E estes são daqueles que não fazem (muito) mal. Pelo menos gosto de pensar assim :)
      Beijinhos

      Eliminar
  12. Cair em tentação num convento até que tem a sua piada:) Partilhada essa memória, então. Que deu num pão-de-ló assim como a tua memória: tentador:)

    Uma boa semana para ti. Que já haja um bocadinho de descanso.

    Mar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois tem :) Mas eu sou uma fraca, caio em tentação em qualquer lado :) Caí no sábado e voltei a cair ontem. Acho que tenho de me ir confessar ;)
      Sim, já está a haver descanso. Faltam-me duas reuniões amanhã e depois, férias :)))
      Um beijo
      P.S: Espero que também já estejas a aproveitar a tua pausa.

      Eliminar
  13. Vera Ferraz, peço imensa desculpa, mas, sem querer, apaguei o teu comentário. Obrigada pelas tuas palavras simpáticas.
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  14. Ilídia, para o mal dos meus pecados, ainda bem que a minha volta foi mais para o norte da ilha :) Já vi que teria me perdido também com tantas calorias juntas ;) Agora a sério, fiquei com um bocadinho de pena por não ter ido. Para a próxima não irei perder calorias nenhumas dessas ;)

    O teu bolo ficou de babar mesmo, ainda bem que não tinhas nada quando fui lá a casa :) Ficámos pelos scones... sempre tem menos calorias ;)

    Beijinhos e até amanhã.

    ResponderEliminar
  15. Susana, haverão mais oportunidades, com certeza.
    Em relação ao pão de ló, esta receita dá um bolo pequeno. Ainda bem :) Assim, o pecado é menor :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  16. Só 13 ovos :)
    Que pena a susana n ter ido contigo, haverá certamente outras oportunidades. O bolo português favorito do viking é "pauderala" mas aqui simplesmente n há gila nem nem sequer a abóbora, nem fios de ovos....enfim é esperar pelas férias:)
    Bjs eboa pascoa

    ResponderEliminar
  17. Olá Ilídia!
    Nada como cair em tentação no meio de um convento!....
    Adorei o teu pão de ló, mas confesso q 13 ovos é para mim grande pecado! ;)
    desejo-te uma boa páscoa!
    bjs
    Sofia

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Acerca de mim

A minha foto
O Acre e Doce é um blogue que celebra a vida de casa, principalmente os momentos passados à volta da mesa. É um blogue de coisas que nos fazem felizes, sejam uma refeição, um filme, um livro ou um ramo de flores frescas.