terça-feira, 20 de março de 2012

Uma manhã na Quinta do Galo

A manhã estava bonita. Fria, mas verde e luminosa. Saímos cedo, de máquina fotográfica em punho. Já no carro, o Manuel lembrou-se: Ó mãe, a comida? Realmente, se não fosse ele a lembrar-me, teria deixado em casa o cesto com os folhadinhos que fizera na véspera, para levar. Durante os trinta minutos que separam a nossa casa da Terra Chã, ele, excitadíssimo, não parava de falar nos animais: Ó mãe, não fizeste comida para os animais! Realmente, como me pude esquecer :)
À chegada, fomos muito bem recebidos pelo senhor José Nogueira, proprietário da quinta, e pelo Luís Silva, que me fez o simpático convite. Uma entrevista para falar do blogue e uma visita guiada à quinta, escrevera ele. E a família é bem-vinda, acrescentava. O meu marido, por questões de trabalho, não nos pôde acompanhar. Assim, fui com o Manuel.
A Quinta do Galo é uma quinta pedagógica que oferece a quem a visita inúmeras atividades lúdicas, visitas a museus e contacto com várias espécies animais. Segundo me explicou o proprietário, entre outras atividades divertidas, é possível participar na confeção de pão, no forno a lenha.
 O Manuel teve a sorte de poder ajudar a tratar dos animais, de ver uma galinha a chocar os ovos, de fazer festinhas aos póneis, de segurar um pintainho. Pudemos, ainda, visitar as várias hortas biológicas existentes na quinta. E a ermida. E os museus. No fim, o Manuel ainda trouxe ovos biológicos, das galinhas da quinta. E, como aprendeu que os ovos chocam debaixo da galinha, no caminho de regresso, pediu-me para que, quando chegássemos a casa, os puséssemos debaixo da Micas (a nossa gata :)
Este blogue tem-me proporcionado algumas experiências muito boas. Desta vez, a experiência estendeu-se ao meu filho, o que faz com que tudo valha ainda mais a pena.
Obrigada, José e Luís :)

Deixo-vos uma amostra das muitas fotos que tirei.

A quinta está muito bem situada, rodeada de verde.

As casinhas da quinta, bem pitorescas

A ermida, onde de vez em quando se celebram missas

Outros recantos paradisíacos

Um dos museus

Por toda a quinta, há inscrições de provérbios. 

Os animais. O Manuel gostou especialmente dos póneis.


O Manuel a tratar das cabras :)

O momento alto da manhã

Folhadinhos de morcela e maçã

Ingredientes:
Massa folhada q.b. (usei cerca de três rolos, do Continente)
1 morcela 
4 maçãs
1 gema
2 colheres (de sopa) de leite
spray de cozinha ou manteiga para untar as formas

Preparação na Bimby:
Retire a pele à morcela, corte-a em pedaços, deitando-os no copo da Bimby. Ligue durante 4 segundos, na velocidade 5. Retire, coloque numa tigela e reserve.
Lave e corte as maçãs em quartos, retire-lhes as sementes, descasque-as, deite metade  no copo, ligue 5 segundos, na velocidade 5, e junte à morcela. Repita a operação com a restante maçã, junte também à tigela e misture muito bem.
Ligue o forno a 180 graus. Com um copo ou cortador de bolachas, faça círculos de massa folhada. Pincele a beira com água, para que a massa "cole" mais facilmente.  Dentro, coloque uma porção de recheio e dobre a massa em três partes, formando uma espécie de pirâmide, aconchegando bem. Pincele com a gema, desfeita no leite. Leve ao forno até estarem douradinhas. 



Preparação tradicional:
Retire a pele à morcela, corte-a em pedaços e desfaça-a, usando um robot de cozinha. Retire, coloque numa tigela e reserve. 
Lave e corte as maçãs em quartos, retire-lhes as sementes, descasque-as e pique-as, num robot de cozinha, até estar em pedaços pequenos. Junte a maçã e a morcela e misture muito bem.
Ligue o forno a 180 graus. Com um copo ou cortador de bolachas, faça círculos de massa folhada. Pincele a beira com água, para que a massa "cole" mais facilmente.  Dentro, coloque uma porção de recheio e dobre a massa em três partes, formando uma espécie de pirâmide, aconchegando bem. Pincele com a gema, desfeita no leite. Leve ao forno até estarem douradinhas.  

Fonte: Adaptado de Teleculinária Especial Robot de Cozinha, Março de 2011 


31 comentários:

  1. Que lindas as tuas fotos....e os folhados...ummm...devem ter ficado fantasticos. O Manel deve ter adorado a visita, jinhos~Diana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Adorou! Vou voltar com ele na Páscoa, pois vão ter umas atividades giras. Acho que os teus filhotes também iriam gostar:)
      Beijinhos

      Eliminar
  2. Que fotos lindas...dá vontade de "atravessar" o ecrã para ir ter contigo.
    Os folhadinhos ficaram fantásticos, devem ser uma delícia.

    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Nárwen. O ecran não digo, mas o mar :)
      Beijinhos

      Eliminar
  3. Nós vivemos mesmo num paraíso e por vezes nem nos apercebemos. Temos sitios lindos e característicos que não existem em mais lado nenhum e este é um desses sítios. Nem acredito que numa ilha tão pequena exista sitios desconhecidos e esse é um deles. Adorei as fotos e os folhados parecem-me muito saborosos. Parabens.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Susana, a quinta é muito bonita e oferece atividades bem interessantes a quem a visita, principalmente às crianças. Estás quase, quase a conhecê-la também ;)

      Eliminar
  4. Que bonito passeio, e é tão bom e saudável que as crianças possam aproveitar esses momentos, o contacto com a natureza e com os animais.
    E que belo farnel esse!!
    Um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, Gisela. Soube-me tão bem esta manhã, depois de uma semana trabalhosa. Parar e desfrutar de lugares como este faz-nos bem. E ver o Manuel feliz é o melhor de tudo.
      Um beijinho

      Eliminar
  5. Fotos lindas! Então a do momento alto da manhã...
    Foi um sábado muito bem passado, o vosso, hein?
    A cestinha de folhados ficou linda, e os folhadinhos super saborosos ;)
    Bjto.
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma ternura, a foto do pintainho, não é? Ele adorou. Não parava de falar no pinto :) Temos que ir com os dois :) Vai ser bom:)
      Beijinhos

      Eliminar
  6. Estas quintas são mesmo tesourinhos para as crianças.Alguns de nós, pais, pudemos numa altura da nossa vida tratar de animais ou de conviver com eles, mas muitas das crianças de hoje não têm esse privilégio.Estas quintas são o mais próximo do que tivemos e que eles podem experiênciar e compreender que os animais são parte da sua vida e não somente comida. As fotografias estão lindas!!
    Esse folhadinhos estão de dar água na boca.

    Bjoka
    Rita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, Ana Rita. Apesar de viver no campo, o meu filho também só convive com cães e gatos. Viu, pela primeira vez, uma galinha em choco. Estas experiências são, realmente, enriquecedoras.
      Beijinhos

      Eliminar
  7. Respostas
    1. Sem dúvida, um local que vale a pena visitar.

      Eliminar
  8. Que linda quinta... o Manel é um sortudo :)

    ResponderEliminar
  9. Uma manhã perfeita na quinta, com o Manel. Que adorou a experiência tão enriquecedora e perto dos animais.
    E esses folhadinhos uma tentação :)
    Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi, realmente, uma manhã muito bem passada. Daquelas que apetece repetir.
      Beijinhos

      Eliminar
  10. As tuas fotografias são de uma sensibilidade tão cheia de beleza. Tenho andado tão cheia de trabalho. Depois explico-te com calma. Mas estes dias são complicados. É assim todos os anos. Só para dizer que as tuas imagens me fizeram bem. Muito. Obrigada

    Um beijo.

    Mar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mar, que bom que as minhas imagens te fizeram bem:) Também ando com muito trabalho. Ainda tenho três turmas de testes para corrigir. Este fim de semana vai ser duro. Mas vou ver se faço umas pausas para fazer coisas de que gosto. Só assim sobreviverei:)
      Um beijo

      Eliminar
  11. Que bom que o Manel lembrou os pastéis!... Seria uma pena não terem participado neste passeio tao bonito!
    Beijo
    Babette

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os meus pastéis iam ficando atrás, como as queijadas do Cruges, n'Os Maias :) Ainda bem que o meu Manel é atento :)
      Um beijo

      Eliminar
  12. Que manhã tão bem passada nesse lugar lindo que eu adoraria visitar. E, se houvesse um desses pastéis para comer ainda melhor :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É só vir à Terceira :) Vale a pena visitar a quinta (e a ilha ;)

      Eliminar
  13. Sim o dia estava luminoso, o Manel tornou-o ainda mais brilhante e a máquina foi testemunha.
    Os folhadinhos, os folhadinhos óptimos...
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mané, estes folhadinhos parecem-me o tipo de coisa de que irias gostar. Experimenta :)
      Beijinho

      Eliminar
  14. Olá Ilídia:)
    Que dia tão bem passado, as fotos estão lindas e o teu texto transmite a alegria que tiraram os dois de cada momento:) E porque é que a Micas não haveria de poder chocar os ovos, o pelo dela deve ser bem quentinho!:D De certeza que este dia irá ficar gravado nas vossas memórias e será sempre recordado com um sorriso. E os folhadinhos também, foram muito bem lembrados pelo Manel, que uma delícia dessas não podia ficar esquecida! Adorei o recheio, essa combinação deve ser surpreendente!
    Um grande beijinho e obrigada pela força e pelas tuas palavras amigas:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alice, o que me ri com a ideia da Micas, com os seus 8 quilos, deitada sobre os ovos :) As crianças têm cada ideia :)
      Não tens nada que agradecer. Foram sentidas.
      Um beijinho
      P.S.: Espero que já estejas melhor:)

      Eliminar
  15. Esteve um fim-de-semana divino de facto. O teu sábado foi tão bem passado.O sétimo aniversário do Tomás foi passado com os seus amiguinhos nessa quinta e os miúdos adoraram. Foi uma festa animadíssima porque a quinta oferece imensas atividades para miúdos e graúdos.
    Quanto aos folhados, posso afirmar que já os provei (no aniversário do Manel, penso eu) e estão aprovadíssimos. Ideais para quem adora contrastes. A maçã e a morcela apetitosamente fundidas.
    Estas experiências que o Manel vivem ficar-lhe-ão sempre registadas na memória. A Vitória quando vai a Trás-os-Montes delira com os animais que andam soltos pela aldeia. Aqui vai-se contentando com os cães, que já dão muito que fazer.
    Um abraço.
    Patrícia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, eu lembro-me desse aniversário. Eu estava lá, com a minha barriga de seis meses. E tu com a tua de oito:)
      Sim, provaste os folhados no aniversário do Manel, mas com outro formato. É realmente uma combinação muito saborosa.
      Beijinhos

      Eliminar
  16. It feels good to find such an interesting topic on the internet like this one nowadays. I was greatly interested with what you have shared and posted with us. Thanks for this anyway. lidocaine

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Acerca de mim

A minha foto
O Acre e Doce é um blogue que celebra a vida de casa, principalmente os momentos passados à volta da mesa. É um blogue de coisas que nos fazem felizes, sejam uma refeição, um filme, um livro ou um ramo de flores frescas.