segunda-feira, 6 de junho de 2011

"Meatloaf" do senhor Mark Bittman e a felicidade das vacas açorianas



Creio que nos Açores os animais são mais felizes. Mais livres, pelo menos. As nossas vacas pastam livremente, em salpicos pretos e brancos que contrastam com o verde da paisagem. Passeiam-se pelas estradas, gordas e pachorrentas. Acabada a erva num pasto, os donos abrem a manada e conduzem-na rumo a outro, cheio de erva tenra e verde. Não me parece uma vida triste. Pelo menos se a compararmos com a das vacas de outras paragens, enclausuradas, num espaço exíguo, onde nem se podem mexer. 
A carne que se vende no meu talho (Gosto de chamar "meus" aos lugares que fazem parte das minhas rotinas.) é açoriana, de vacas que comem erva. Vacas felizes, portanto.

Rolo de carne
Ingredientes:
1/2 chávena de pão, em pedaços
1,2 dl de leite
900 g de carne picada
1 ovo, ligeiramente batido
1/2 chávena de queijo parmesão ralado
1/4 chávena de salsa picada
1/2 colher de chá de alho picado
1 cebola pequena, picada
1 cenoura pequena, triturada
1 colher de chá de folhas de salva picadas (não usei)
sal e pimenta preta
3 fatias de bacon (opcional) - não usei 


Preparação:
Misturei todos os ingredientes, formei um rolo e levei ao forno, a 200 graus, 45 a 60 minutos. Simples, não? Não é por acaso que chamam "minimalista" a este senhor.

Fonte: How to cook everything, de Mark Bittman

Acompanhei com puré de batata, feito na Bimby, espinafres salteados com alho e chutney de manga (comprado pronto, pois ainda não me aventurei no maravilhoso mundo dos chutneys caseiros). 
Bom fim de semana.

12 comentários:

  1. Deve ter ficado uma delicia, pois tem muito bom aspecto...

    ResponderEliminar
  2. Olá Ilídia:

    Tão bem que soube, este bocadinho de final de dia. E os seus dois posts anteriores. Das coisas pequenas. Um presente verde, também. Que inspirou um belo jantar.
    Gostei muito da forma como enalteceu as virtudes da carne dos Açores. Eu adoro os laticínios, por exemplo. O leite, a manteiga, o queijo. São maravilhosos. Não conheço a carne, infelizmente. Mas vou tentar procurar. Talvez no El Corte Inglès.
    Nós falámos de bandas sonoras...:) Também me lembrei de si. Apesar de ter tido trabalho no fim-de-semana. De vez em quando é assim.

    Um beijo com carinho. Que chegue à sua ilha verde:)

    Mar

    ResponderEliminar
  3. Ilidia, foi das coisas que mais gostei, quando visitei os Açores foi a paisagem verdejante, com as vaquinhas a pastar e o mar como pano de fundo. É perfeito!
    Tal como este rolo me parece perfeito, muito identico ao que costumo fazer.
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  4. Caso para diser "aqui vou ser feliz" e acredito que as vacas aqui, são felizes, pois tem todas as condiçoes para isso.....o teu rolo ficou lindo, tambem faço aqui em casa,antes de ir ao forna leva acucar castanho e ketchup por cima, faz uma crosta agri-doçe :) jinhos e uma boa semana para ti amiga =)

    ResponderEliminar
  5. Ora aqui está alguém cujo trabalho aprecio, o Sr Mark Bittman. A receita pelos ingredientes deve ser das boas. Também gosto de o ver fazer pão... quebra todas as regras de fermentação :)

    ResponderEliminar
  6. Mas que bela sugestão que nos trazes hoje! Muito bom!

    Quanto aos Açores...não conheço, mas tenho muita vontade.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  7. Ilídia esse rolo de carne é mesmo super rápido tenho que pesquisar esse Srº, parece ser muito prático. E quanto às nossas vaquinhas, são pelo menos mais felizes que muitas outras que vivem em lugares fechados sem condições nenhumas. Por isso é que a nossa alcatra regional integram as 7(ou 9 savo erro!) maravilhas gastronómicas de Portugal.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. UMA SUGESTÃO 5 *****.
    BOA SEMANA
    BJS

    ResponderEliminar
  9. Ilidia,
    Ficou com um aspecto delicioso esse rolo... So de olhar já me esta a abrir o apetite : )

    Beijinhos

    Send by Android

    ResponderEliminar
  10. Será que vamos ao mesmo talho...? Costumo ir ao Santa Catarina. A carne é excelente e somos sempre muito bem atendidos. :)

    ResponderEliminar
  11. Vamos, sim :) É esse o "meu" talho:) Do Dinarco, que andou comigo na primária :)

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Acerca de mim

A minha foto
O Acre e Doce é um blogue que celebra a vida de casa, principalmente os momentos passados à volta da mesa. É um blogue de coisas que nos fazem felizes, sejam uma refeição, um filme, um livro ou um ramo de flores frescas.